In principio erat Verbam  

Posted by Flavio Morgenstern

frase do dia: "Tentar é o primeiro passo para o fracasso." - Homer Simpson

Bípedes que me estão a ler, sejam todos bem-vindos ao meu novo blog - lar de destilações venenosas de mau humor político e tergiversações doidivanas econômicas - ou nem tanto, graças à verborragia que faz todos lerem esses textos a uma média de 5 palavras por minuto.

Esse novo blog tem o intuito de falar, sobretudo, de política - ou politicagem, como acontece no nosso querido país. Ame-o ou deixe-o, pois ele, definitivamente não quer mudar e seguir a cadeia evolutiva.

Faço-o com o ímpeto de quem queria mesmo era um emprego semanal no Manhattan Connection, mas sabe que tem cabelo branco de menos e fala palavrões demais pra fazer parte de seu cast - o que faria com que a Lúcia ou o Lucas me mandassem à merda em pouco tempo de programa (no bom sentido, é claro).

Como o leitor informado já terá percebido, nunca esconderei a tendência política em voga nesses alfarrábios - e em boa parte da internerd - por achar que é impossível escrever com imparcialidade. Como já bem dizia até o Adorno, o próprio ato de escrever já é uma tomada de posição. Dessarte, já clarifico o caminho de meus (desejáveis) futuros inquisidores, assumindo que sou orgulhosamente reaça, e se alguém quiser vir aqui fazer sua função social e me explicar pormenorizadamente suas digníssimas opiniões sobre o Olavo de Carvalho ou o PSDB, já aviso que, infelizmente, vivemos numa ditadura em que o Blogger não me permite excluir comentário algum, portanto todos são livres para me encher o saco, mas há uma grande chance de receberem um belo "te fode" no esfíncter como réplica.

Enquanto vivo sem poder ter uma verba de apoio de uma Primeira Leitura (ó, triste perda!) e muito menos de uma Veja, tenho de continuar a escrever em vãs tentativas de me tornar mais um perseguido político e ser processado pelo Aldo Rebelo. Mas, caso alguém se ofenda demais com o que escrevo, pode ser macho o suficiente pra responder com um artigo virulento de oposição, ser viado o suficiente pra tentar me processar (é um belo início de carreira - a mim, claro) ou ser inteligente o suficiente e me pagar uma pinga. Afinal, todos estamos nessa não pelo verbo, e sim pela verba.

Have fun.

This entry was posted on domingo, dezembro 17, 2006 at 13:53 . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

7 pessoas leram e discordaram

é, acho que nunca vou me interessar por nada que vc postar aqui... ou não entender, mesmo. mas vou sempre aparecer prá pagar pau \o/ *tio morning's groupie mode on*
beijos beijos.
post tá uma comédia! hahaha

17 de dezembro de 2006 16:07

Bem que poderia dizer hein?! Rs... um otimo ponto de leitura vai ser :P..
Meus parabéns ...

17 de dezembro de 2006 16:29

O morning e seus termos tucanados!
tergiversações doidivanas é a vó !

17 de dezembro de 2006 18:41

É, Morningue. Cuide-se e tente não ser tão reaça!

17 de dezembro de 2006 20:11
Danilo Pingado  

Mas que porra é essa, dos quatro primeiros comentários, dois são elogios e um não dá pra classificar com certeza.
Salvo engano, é ''... leram E discordaram''. É de se ver que existem analfabetos funcionais por aqui, não sabem a função do conectivo somada à conseqüente reação - taxativa, no caso -, que a ação "ler" pode causar.

Reaça de cu é rola.
Meus comprimentos - sim, comprimentos - Morning. =)

18 de dezembro de 2006 07:31
Vicente, O excelso.  

Boa iniciativa, Estrela Matutina!

Tentarei redigir uns textos decentes em discussões acaloradas sobre qualquer pendenga tupinambá
(prefiro essa tribo à Tupiniquim, tendo sidos esses um bando de aborígenes entreguistas de conchavo com "Purtugal"), mesmo que conscientemente saibamos que não será de nenhuma utilidade e que este espaço servirá apenas de escoadouro de idéias e chavões bem-redigidos e para treinar nossa argúcia retórico-argumentativa. Mesmassim, por não seguir o "dogmático dogma" calvinista: "Time is money!", contribuirei (com o "otio intellectuale"), futuramente, com meu posicionamento fortemente pavimentado no idealismo do Centrismo. Assim, até outro dia, quando o fluxo mental ajudar.

25 de dezembro de 2006 13:41

Lonely Star,hm, vamos ver. Família Star em peso aqui, han!
Quem é o patriarca, The Big Star?

21 de janeiro de 2007 16:05

Postar um comentário